Vitória perde para o Goiás por 3×0 e se afunda ainda mais no Z4

Distância para os primeiros times fora da zona já é de seis pontos

A situação do Vitória na Série B está cada vez mais crítica. Na tarde deste sábado (2), a equipe sofreu mais uma derrota, dessa vez por 3×0, para o Goiás, no estádio da Serrinha, em Goiânia. O resultado, válido pela 28ª rodada, foi péssimo para o Leão, que chega a seis jogos sem vencer na competição. Pior: sequer balança as redes rivais há cinco partidas.

Com o revés, o rubro-negro continua afundado na zona de rebaixamento. O time se mantém na 18ª colocação, com 26 pontos, mas não consegue sair do fim da tabela mesmo que ganhe os próximos dois duelos. Isso pois os primeiros times de fora do Z4, Brusque, Ponte Preta e Cruzeiro, têm 32 pontos, cada – e todos possuem maior número de triunfos.

O Vitória agora ganha uma semana livre para treinos até o próximo compromisso. O time só volta a jogar no próximo sábado (9), às 19h, no Barradão. Enfrentará o Confiança, pela 29ª rodada da Série B.

 

O jogo

O técnico Wagner Lopes fez mudanças na equipe titular para a partida. No meio de campo, saiu Pablo, que está lesionado, e entrou Fernando Neto, que retornou de suspensão. Marcinho, que também tinha ficado de fora na rodada anterior pelo terceiro cartão amarelo, retomou seu posto, e Bruno Oliveira foi para o banco.

Os 15 minutos iniciais até que foram equilibrados. O Goiás pressionava, só que com pouca intensidade. Mas, com atuação segura, logo o Esmeraldino conseguiu mostrar efetividade e balançar as redes – com ajudas do Leão.

O primeiro gol veio aos 17 minutos, após uma bobeada rubro-negra. Fernando Neto recebeu pressionado e tentou dominar, mas acabou entregando um presentaço para Nicolas, que achou Luan Dias na grande área. O atacante cortou Mateus Moraes e tocou pelo meio das pernas de Lucas Arcanjo.

O segundo gol do Goiás veio logo depois, em um lance bem parecido. Besteira na saída de bola do Vitória, Nicolas ficou com a bola, deu o passe para Luan, que driblou e chutou no cantinho: 2×0, aos 25 minutos.

O placar favorável não desanimava o Esmeraldino, que seguia querendo marcar mais. Elvis apareceu duas vezes seguidas bem, uma delas exigindo boa defesa de Lucas Arcanjo, após cobrar escanteio fechado. Também mandou uma bola no travessão. Ainda deu tempo para mais um erro na saída do Vitória, com bola de graça para Nicolas. O jogador tentou driblar Lucas Arcanjo, mas finalizou sem força e perdeu.

Enquanto isso, o Vitória mostrava dificuldades. Não conseguia encaixar a marcação, muito menos assustar o rival. Só surgiu com perigo uma vez em todo o primeiro tempo, aos 40 minutos. Manoel sofreu falta de David Duarte, Bruno Oliveira cobrou, mas mandou ao lado da meta defendida por Tadeu.

O Leão até voltou do intervalo com uma postura melhor. Aos 9 minutos, Roberto cruzou e Manoel cabeceou para fora. Dois minutos depois, porém, foi a vez do Goiás dar o susto, com uma bomba de Felipe Bastos, que tirou tinta do travessão.

Aos 15 minutos, veio o terceiro do Esmeraldino. Elvis cobrou escanteio, David Duarte subiu mais que Wallace e cabeceou sozinho, no chão, e ampliou. O meia ainda exigiu defesa de Lucas Arcanjo aos 29. Com a vantagem, o Goiás não deu brechas para o Vitória e garantiu o resultado de 3×0.

FICHA TÉCNICA

Goiás x Vitória – 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Goiás: Tadeu, Apodi (Ivan), David Duarte, Reynaldo e Artur; Diego (Iago Mendonça), Fellipe Bastos e Elvis; Luan Dias (Dadá Belmonte), Nicolas (Welliton) e Alef Manga (Albano). Técnico: Marcelo Cabo.

Vitória: Lucas Arcanjo, Raul Prata, Wallace, Mateus Moraes e Renan Luís (Fabinho); João Pedro (Bruno Oliveira), Guilherme Rend (Cedric) e Fernando Neto (Soares); Marcinho (Caíque Souza), Roberto e Manoel. Técnico: Wagner Lopes.

Estádio: Serrinha, em Goiânia
Gols: Luan Dias, aos 17 e aos 25 minutos do primeiro tempo; David Duarte, aos 15 minutos do segundo tempo;
Cartão amarelo: David Duarte e Dadá Belmonte, do Goiás; Guilherme Rend e Fernando Neto, do Vitória;
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhaes, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Lilian da Silva Fernandes Bruno (trio do RJ). Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ) é o árbitro de vídeo.

 

 

0 Comentários

Deixe um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password